O Pesquisador

Pedro Persone

Dr. Pedro Persone nasceu em Tietê, São Paulo, em uma família de origem italiana. Persone iniciou seus estudos no Conservatório de Tatuí, com a professora Maria José Carrasqueira. Foi aluno particular de Roberto de Regina, no Rio de Janeiro. Graduou-se em Cravo pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, na classe da Professora Helena Jank.

Participou de vários cursos com Felipe Nabuco-Silvestre (Brasil/Portugal), Christophe Rousset (França), Emilia Fadini e Rinaldo Alessandrini (Itália). Continuando seus estudos na Europa, em 1977 estudou com Huguette Dreyfus na École Nationale de Musique de Bobigny, França. Estudou Cravo e Fortepiano, em 1988, com Jacques Ogg, na Academie voor Oude Muziek, Amsterdam. Seu mais importante estudo foi sob a orientação de Mark Kroll, de quem recebeu a maior influência acadêmica e artística. Com bolsa da Fundação Vitae, participou do "Primer Curso de Música Barroca Ciudad de Segovia", na classe de fortepiano de professor Patrick Cohen (França).

Persone foi o primeiro a reintroduzir o piano histórico ou fortepiano no circuito musical brasileiro da atualidade durante o ano Mozart 1991. Sua discografia conta hoje com sete Cds, quatro editados no Brasil, um nos Estados Unidos e dois em Portugal.

Tem participado, como professor, de vários cursos como "Festival de Londrina", "Oficina de Música de Curitiba", "Festivais de Artes de Itu", "Festival de Música de Ourinhos". Foi, de 1985 a 2000, professor de cravo, música de câmara e baixo continuo no "Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos", Tatui. Na mesma escola fundou e dirigiu o Collegium Musicum, orquestra voltada a performance de obras dos períodos barroco e clássico.

Em 1996, com bolsa de estudos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – FAPESP –, recebeu seu diploma de Mestre em Artes pela UNICAMP, com sua pesquisa sobre obras "non mesurés" para cravo. Como cravista e fortepianista, Persone se apresentou em recitais (solo, música de câmara – continuo e obligato – e como solista) em Amsterdam (Países Baixos), Boston (MA), Cambridge (MA), Edinburgh (Escócia), Framingham (MA), Haarlem (Países Baixos), Los Angeles (CA), Miami (FL), Milano (Itália), New York (NY), Paris (França).

No período de Setembro de 2001 a Maio de 2004 foi professor de group piano (MU 151, MU 152 e MU 153) na Boston University. Graças ao suporte oferecido pela Fundação Coordenação de Pessoal de Nível Superior – CAPES –, Persone cursou o doutorado – Doctor of Musical Arts – em Historical Performance na Boston University sob orientação do Professor Mark Kroll. O tópico de sua dissertação é "The Earliest Piano Music: Lodovico Giustini's (1685-1743) Sonate da cimbalo di piano e forte detto volgarmente di martelletti, Firenze, 1732." Em 2008 este estudo foi lançado em forma de livro pela editora alemã VDM-Verlag de Saabrücken.

Recentemente, no Instituto de Artes da Unesp, Persone desenvolveu pesquisa de pós-doutorado com bolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – FAPESP – sobre o tema "A música pianística e camerística composta entre 1790 e 1826 presente na 'Coleção Thereza Christina Maria': uma abordagem segundo as práticas interpretativas relacionadas ao período".

Persone é Professor Adjunto na Universidade Federal de Santa Maria
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0080717401701387

 

© 2017 - Pedro Persone - Todos os Direitos Reservados | Projeto: www.tirabassigomes.com.br | Programação: www.host4.com.br